O que é uma Plataforma de E-commerce

Tempo de leitura: 3 minutos

Sempre que a gente pensa em criar um e-commerce, que é uma opção bastante interessante para vender online, vem algumas dúvidas. Uma delas é sobre o tipo de plataforma de e-commerce que devemos escolher. Afinal, são várias as opções disponíveis no mercado.

O primeiro passo é entender que o tipo importa porque ele pode oferecer ferramentas diferentes e até mesmo exclusivas para cada empreendedor. Isso pode ajudar a alavancar as vendas, com o aumento de conversão ou pode gerar resultados não tão promissores.

Para que serve uma plataforma de e-commerce

Basicamente, temos um sistema virtual que permite a criação de processos de vendas que acontecem na internet. É a ideia da loja virtual, só que com uma gestão mais profissional e mais eficaz por trás dessa vitrine.

Com esse tipo de plataforma dá para fazer mais do que simplesmente cadastrar os produtos que estão sendo oferecidos. Nela, você vai poder criar e modificar preços, gerenciar o estoque em tempo real e mais um monte de coisas que ajuda você nas vendas online.

Por que usar uma plataforma de e-commerce

Se você pegou a ideia do início do texto, com certeza, não vai ter muitas dúvidas sobre a importância desse tipo de plataforma de e-commerce. De todo modo, considere que há vantagens como a opção de criar layout para dispositivos móveis.

Ou então, o custo-benefício para ter uma loja virtual completa e profissional. Além da chance de ter um aumento no número de visitas e a segurança para quem compra – já que elas possuem tecnologia com a proteção dos dados.

Os tipos de plataformas de e-commerce que existem

Existem vários tipos de plataformas como essas que você pode escolher hoje em dia. E a gente vai deixar aqui as três principais para que você possa pesquisar mais detalhadamente sobre elas. Veja só:

  • Open Source – permitem personalização maior
  • Proprietária – pouco comum, boa para quem tem equipe técnica interna
  • SaaS – mais comum, sistema fica na nuvem

O resultado é um só: a melhor plataforma de e-commerce para você vai ser aquela que permite integração, escalabilidade e facilidade para quem vai usar ela como sistema de gestão das vendas no comércio eletrônico.

Como escolher uma plataforma de e-commerce

Agora que você conhece os tipos de plataformas que estamos mencionando aqui, saiba que o próximo passo é sobre avaliar bem o que é importante para você na hora de escolher essa página online de vendas.

A dica é observar o layout, as integrações e as adaptações. Isso porque dá para ter uma solução que envolve vários temas e áreas do seu negócio virtual. Ou seja, estamos falando sobre a otimização de tempo e recursos na hora de empreender.

A ideia do “tudo em um só lugar”

Essa ideia de usar uma plataforma de e-commerce para ter tudo em um só lugar é o que mais vem ganhando o “coração” dos empreendedores digitais porque facilita muito a vida. Afinal, não dá para vender um produto que não está no estoque –e você nem sabia.

E também não dá para negociar um desconto para o pagamento à vista sem que você fique com margens de lucro, né? Por isso, pensar nessa ideia de ter tudo em um mesmo lugar é um ótimo meio de começar um negócio online ou simplesmente de aumentar as vendas dele.

O exemplo da iSET

Para quem não entendeu muito bem qual é a ideia dessa plataforma de e-commerce que permite toda a gestão em um só lugar, vale a pena conhecer a iSET, que é um dos exemplos que existem no atual mercado.

Para se ter ideia, são mais de 1 mil recursos para a loja virtual e dá para você fazer cursos gratuitos que ensinam a vender mais, sobre aqueles de indexação no Google.

Gostou? Para conhecer mais conteúdo como esse, acesse a página inicial do Seja Notado.