10 maiores marcas de e-commerce do mundo

Tempo de leitura: 3 minutos

O site Jornal Econômico lançou uma lista com as 10 maiores marcas de e-commerce do mundo. Ou seja, são aquelas que mais geraram receitas. O jornal também fala sobre essa indústria. Assim, eles dizem que:

“[…] Se tornou muito importante nos últimos anos, com o grande salto nas operações das empresas, vindos do advento dos smartphones e do acesso generalizado da internet”.

Então, sem demorar, vamos ao que interessa!

1 – Amazon (21,4 bilhões de euros)

Talvez você nunca tenha notado, mas vamos te contar: sabe qual é uma das principais características que se pode aprender com a Amazon?

A principio, o nome era Cadabra. Depois, mudou-se para Amazon. Aí, o logo foi feito com uma seta que liga a letra A à letra Z, o que torna-se, de forma indireta, um sorriso. Isso dá muita confiança ao público consumidor, acredite você.

Além disso, a marca indica que vende de tudo: de A a Z. Outra aposta das letras com o nome da marca.

Claro que também há muita estratégia de marketing, além disso, e a soma de tudo fez com que a companhia faturasse, no último ano, mais de 10 vezes o que faturou o 2º colocado.

2 – Alibaba (14 bilhões de euros)

A marca detém 63% de todo comércio eletrônico da China e oferece serviços como computação em cloud e pagamentos eletrônicos.

Veja todas as nossas matérias sobre e-commerce!

Foi fundada em 1999 e começou vendendo produtos locais aos mercados internacionais, mas ascendeu-se aos líderes globais, dominando nomes como Amazon e eBay.

3 – Otto (12,5 bilhões de euros)

A companhia oferece um portal de compras de artigos desportivos, moda, eletrônicos e eletrodomésticos.

Quer aprender uma lição com essa marca? Ela entrou no mundo digital em 1995 e gerou mais de 80% das receitas através do portal, sendo que o restante foram provenientes de análise de dados, marketing, pagamento e logística.

4 – Walmart (12,2 bilhões de euros)

Foi fundada como uma empresa de retalhos e tornou-se uma das marcas mais conhecidas com sua plataforma online.

5 – JD (10,3 bilhões de euros)

É a abreviação para Jindong Mall, ou seja, um centro comercial online da China. Em 2013 chegou ao modelo digital, com sites e dois anos depois chegou ao mercado Russo. Atualmente tem mais de 100 mil marcas.

6 – Priceline (9,6 bilhões de euros)

A agência de viagens usa o serviço online para a vendas de serviços de transporte, que podem ser bilhetes de avião, carros de aluguel, cruzeiros ou pacotes turísticos.

7 – eBay (8 bilhões de euros)

É uma empresa de e-commerce que tem as receitas vindas da licitação do item a ser vendido ou com base no valor final da venda, onde é cobrada uma comissão.

8 – Rakuten (5,89 bilhões de euros)

A grande diferença é que para conseguir atingir um número maior de consumidores, a companhia lançou dois serviços: Pay as You Go e a Rakuten Super Points.

A ideia é fazer com que as lojas fiquem em contato com os clientes por servidores de acesso limitado, além do programa de pontos, que permite rocas por produtos ou descontos.

9 – Zalando (3,6 bilhões de euros)

É um dos maiores portais de moda do mundo e seu grande diferencial é o tamanho dos descontos para quem é registrado, que pode chegar à 80% frente ao preço original.

10 – GroupOn (2 bilhões de euros)

É uma das marcas mais conhecidas no e-commerce e agrega pessoas que tem interesses por produtos, a fim de que consigam eles por um menor preço.

Quer mais informações sobre como criar na web? Preencha o formulário abaixo

Podemos te ajudar?