Loja Virtual da Webstore permite vender online em marketplaces sem taxas

Tempo de leitura: 3 minutos

A Loja Virtual da Webstore tem alguns diferenciais que tem feito com que grandes empresas investissem nela. Além de planos acessíveis, ela permite mais de 300 recursos para serem usados nas vendas online, além de mais de 100 integrações para vender cada vez mais.

Para começar o texto, nós separamos os seguintes benefícios dessa plataforma e isso vai provar porque você deveria continuar lendo o texto: layout personalizável e responsivo, API aberta, sem cobranças sobre as vendas, relatórios completos, integrações completas e SEO.

Por que ter a própria loja virtual?

Hoje em dia dá para vender sem ter loja virtual, você já considerou isso, não é? No entanto, ao fazer isso, o que você vai fazer em seguida? Procurar grandes plataformas de marketplace para conseguir vender mais e mais. Certo?

O único problema disso é que esses marketplaces cobram taxas e comissões para vender para você, seja o Mercado Livre, o eBay ou qualquer outro. No caso de criar a sua própria, você não precisará pagar comissões para as empresas, o que aumenta o seu lucro.

Aliás, se você criar a Loja Virtual da Webstore, então, também poderá vender os seus produtos em grandes marketplaces, como é o caso da Shoptime, do Extra, entre outros.

E a ideia de você vender sem precisar aumentar o preço do seu produto é ótima porque isso atrai mais clientes, não acha? Então, antes de começar a divulgar os seus produtos nesses parceiros, faça uma conta e considere esse tipo de plataforma digital, que é a Webstore.

E na Webstore não tem taxa mesmo?

A Loja Virtual da Webstore garante que dá para “vender os seus produtos nos maiores marketplaces sem pagar taxas e nem comissões sobre as vendas”.

No entanto, precisamos considerar que para usar essa plataforma, a gente vai ter que pagar uma espécie de mensalidade ou anuidade.

O plano anual mais barato parte de R$ 79 no mês. Chamado de Start, ele permite o cadastro de até 300 produtos, 30 mil pageviews e um único usuário. Além disso, conecta apenas o Mercado Livre com o Plugg.to.

Você vai gostar de ler: Quer saber qual é o melhor integrador de marketplace? Leia esse texto

Já o plano mais caro sai por R$ 319 ano mês na assinatura anual. Ele é chamado de Pro e permite um número ilimitado de produtos, sendo 250 mil pageviews e até 3 usuários. A conexão é feita com todos marketplaces e e-commerce B2B.

Considerando que a Loja Virtual da Webstore trabalha hoje com as seguintes empresas: Mercado Livre, B2W (Submarino, Americanas.com), Via Varejo (Casas Bahia, Ponto Frio), além da Plugg.to e da Venda b2B e Sistema de Afiliados.

Ficou na dúvida se vale a pena?

Para quem está na dúvida se vale a pena, uma boa ideia é avaliar o custo-benefício dos planos. Obviamente, para quem já vende muito, talvez o plano mais básico não seja interessante.

Por outro lado, muito mais do que ter a própria loja virtual, nada como estar inserido em grandes sites, como é o caso da Americanas.com e das Casas Bahia, não acha?

Esse é um tipo de recurso que é pouco oferecido nas plataformas que permitem criar lojas virtuais de graça, como a Loja Integrada, a Mozello, a Webstarts, a Minestore, entre outras que estão disponíveis. Por isso, a ideia de avaliar o custo e também o benefício!

Ah, e se precisar de algumas dicas para fazer essa conta toda entre o custo e o benefício, nos chame pelo e-mail ou mande uma mensagem em um dos nossos canais.

Até mesmo porque existem mais um monte de opções de sites que permite você criar a própria loja virtual, como é o Nuvem Shop, o Wix, o Woo Commerce, o Tray, entre outros.