Logística para pequenos empreendedores digitais: 5 estratégias incríveis

Tempo de leitura: 3 minutos

Atualmente, para todo e-commerce que existe o principal custo logístico que se tem é com o frete, sendo que fica acima de 60%. Depois, vem armazenagem e manuseio. Por isso, o tema de hoje é para abordar sobre ideias de logística para pequenos empreendedores digitais.

Ou seja, será que dá mesmo para baratear esses custos? Como fazer isso? Quais os primeiros passos? E os mais importantes? É sobre tudo isso que vamos falar em 5 dicas rápidas.

1 – Controle de Estoque

Parece não haver dúvidas de que o controle de estoque é o primeiro ou um dos primeiros passos para que a logística dê certo na sua empresa. Quando ele é eficiente, o negócio tem mais chances de lucro.

Portanto, a dica é manter o estoque controlado, organizado, atualizado. Também pode ser interessante categorizar ele e considerar os produtos de “giro”. Alguns softwares fazem muito bem esse trabalho todo e ajuda na tomada de decisão futura.

2 – Cálculo do Peso

Outro ponto importante é sobre fazer o cálculo do peso cubado, isto é, da mercadoria embalada que será entregue ao seu cliente. Assim, considere que Correios e transportadoras vão exigir esse tipo de informação para gerar o preço do frete.

Portanto, você tem que ter a resposta correta. Também é legal de saber que cada modal (transporte) calcula o peso cubado de uma forma. Alguns usam 300 quilos por metro cúbico, como nas rodovias e outros podem usar 167 quilos por metro cúbico, no aéreo.

3 – Frete Inteligente

A gente usou a expressão de “frete inteligente” para falar sobre a sua observação sobre a possibilidade de fazer com que os clientes realmente comprem de você. Isso porque é comum que eles encham o carrinho e sai de mãos vazias. Então, o que é preciso fazer?

Uma boa ideia é pensar em saídas para os momentos mais difíceis nas vendas. Isso envolve uma ideia de frete grátis, por exemplo, para compras acima de determinados valores, em campanhas sazonais, em programas de fidelidade, com taxas anuais e assim por diante.

4 – Prazos Realistas

Já chegando mais para o fim das dicas, leve em conta que ter prazos realistas é interessante não apenas para os seus clientes, mas também para você. A entrega de mercadorias é outro fator que pode importar muito na hora de notar uma empresa de sucesso.

Logo, a logística para pequenos empreendedores digitais deve ter combinações e ferramentas que evitem atrasos e outros problemas. Há um sistema do próprio Correios que pode ajudar a calcular de forma mais “sincera” o prazo de entrega do seu produto.

5 – Logística Reversa

A logística reversa pode ser vista aqui como a possibilidade de troca ou devolução das mercadorias que as pessoas compram pela internet. Nesse caso, como se trata de direito dos consumidores, você enquanto empreendedor precisa pensar mais nisso.

Com um bom atendimento no pós-venda, além de poder evitar esse tipo de prejuízo, você pode fazer com que novas compras aconteçam. A política de troca e devolução deve estar bem clara para facilitar a logística da empresa e a garantia dos direitos dos consumidores.

Dica final: a tecnologia a seu favor

E a gente não pode terminar o texto da logística para pequenos empreendedores digitais sem dizer que hoje em dia há um grande número de programas de computadores, os softwares, que ajudam demais nisso. Assim, eles podem atuar de forma decisiva e evitando erros que seriam cometidos por humanos.

Método Picking & Packing – Conheça

Uma ideia, que nada mais é do que um exemplo, é sobre o Picking e Packing, que pode ser decisivo para você agilizar todo o processo de logística e evitar cair nas armadilhas.