Fazer um brechó online é fácil – e a pandemia dobrou compradores do Enjoei

Tempo de leitura: 3 minutos

A notícia que saiu no início de 2021 é a seguinte: durante o último trimestre do ano de 2020, o site Enjoei anunciou que houve um aumento de 100% no número de compradores. Ou seja, a ideia de fazer um brechó online nunca fez tanto sentido, não é mesmo?

É claro que uma das principais motivações para isso foi a pandemia, que também trouxe algumas medidas de isolamento e acabou forçando muita gente a conhecer a opção de comprar online. Só que não é somente isso. O fato é que a Enjoei realmente é um ótimo e-commerce.

Aliás, só para você ter ideia disso, vamos voltar à pesquisa. Tanto é que ela ainda diz que houve aumento no número de vendedores. Assim, eles deixaram de ser 110 mil e chegaram bem perto dos 200 mil, o que dá um aumento de mais de 70%.

E você, ainda não está nessa onda?

Pandemia + Sustentabilidade

Só para concluir o que a gente estava falando antes, vamos somar aqui mais fatores que importam muito para o sucesso da Enjoei.

A pandemia é o primeiro porque, como dizem os responsáveis pela pesquisa, “com os brechós físicos fechados por conta da pandemia, o brechó online ganhou força”.

E tem mais um detalhe: as pessoas ficaram mais receosas de experimentarem as peças das lojas e brechós físicos devido ao possível contágio do vírus.

Da mesma forma, há outro ponto, que é sobre a sustentabilidade. “Aumentou o desejo de consumir a moda mais sustentável”. Logo, para quem vende esse é um diferencial. E para quem compra também.

Lojinha + Online

Um próximo ponto que queremos destacar aqui é sobre as vantagens e a facilidade de fazer um brechó online hoje em dia. Aliás, a gente tem que falar que essa é uma chance e tanto para quem quer fazer dinheiro extra.

Ou seja, se você tem roupas que não usa mais ou sapatos ou acessórios, considere que esse dinheiro pode ser muito bem-vindo em uma época de crise, não é verdade?

Dessa forma, a gente pode considerar que em alguns cliques e preenchendo alguns campos já é possível abrir a sua própria loja de roupas usadas. Ao menos, é assim que funciona no Enjoei.

Desapego + Lucro

Já do lado comercial da coisa, a gente tem que avaliar aqui algumas vantagens do Enjoei, que hoje é o maior brechó online do país.

Ele tem mais de 2 milhões de produtos cadastrados. E é claro que vender no Enjoei tem um custo. No entanto, quase sempre esse custo compensa a venda. E a gente explica o motivo.

Clique aqui e conheça outras plataformas para vender online

Hoje em dia, a venda é composta pelo preço do produto, que deve ser reduzido de uma comissão e uma taxa fixa por anúncio. Desse modo, leve em conta que tudo isso é descontado no final da venda.

Os valores variam. Mas, um produto de até R$ 50, por exemplo, tem taxa menor do que R$ 2. Já a tarifa fixa fica em R$ 5 para até R$ 100. E tudo isso está descrito no site do Enjoei.

Venda + Fácil

Por fim, a gente quer comentar ainda que as vendas no Enjoei são livres. Ou seja, você não precisa ter uma empresa aberta, com CNPJ, por exemplo, para fazer isso.

Se você é uma pessoa com um CPF válido, então, basta criar uma conta a partir de um cadastro rápido e simples. Depois, você vai ler aquela tabela de tarifas, tirar fotos das suas peças e começar a vender. Só isso.

Aliás, outro ponto bacana é que dá para categorizar os seus produtos também. Inclusive, lembrando você que as transações da plataforma são criptografadas, o que dá segurança na hora de vender e comprar.

Ficou curioso para saber mais? Você pode me mandar um e-mail ou me procurar no Instagram.