5 dicas de iscas digitais que você precisa usar para aumentar os acessos

Tempo de leitura: 3 minutos

Está projetando subir o número de visitantes em sua página? Pretende ganhar mais acessos? Atingir uma amplitude de público? Ótimo. Mas, como é que você vai fazer isso? Com certeza, essas dicas de iscas digitais podem ajudar você nesse objetivo.

As iscas digitais

Pois bem, você chegou ao artigo ideal para aprender sobre as iscas digitais. Aqui iremos falar de possíveis técnicas que permitem aumentar o fluxo de visitantes e os acessos do seu site ou rede social.

No entanto, para iniciarmos esse bate-papo é preciso ressaltar que nada cai do céu. Ou seja, você vai ter que arregaçar as mangas para fazer acontecer. Combinado?

Ou seja, não será algo impossível. Mas, tampouco será fácil.

Assim, é extremamente importante ter em mente que para o progresso ocorrer é necessário uma estrutura diante disso. Ou seja, precisa-se de uma organização dando total suporte e apoio almejando o crescimento.

Nós podemos citar a Seja Notado, empresa especializada em marketing digital e que pode tornar seu sonho em realidade. Para saber mais sobre o tema, trouxemos aqui as principais dicas. Leia.

As dicas de iscas digitais do momento

Primeiramente, saiba que para usar as técnicas você terá que ter conhecimento do seu público-alvo. Afinal, isso é necessário para que você possa atrair o visitante em troca de algo.

Portanto, estude as necessidades, problemas e dificuldades presentes em seu público. Em seguida, demonstre ser o diferencial na vida deles encontrando a solução para tudo e todos.

Sendo assim, vamos às dicas!

1 – O que são as iscas

Iscas precisam ser irresistíveis e poderosas. Mas, conheça esse alerta! Um erro cometido por muitos é passar informações incorretas ou que não são verdadeiras. Isso é muito errado.

Aliás, outra coisa. Saiba usar as iscas como diferenciais. Então, evite o mais do mesmo, sabe? Atualmente, existem diversos materiais sem custo algum. Por isso, você precisará chamar atenção do visitante pelo seu conteúdo de boa qualidade.

2 – O que oferecer

O material precisa ter um fundamento e uma promessa realista, as pessoas buscam soluções rápidas, ainda mais com inúmeros materiais a disposição.

Portanto, apresentar algo que lhe chame atenção, qualificado e eficiente, dificilmente o usuário ira procurar em outro local.

Você conhece realmente seu público alvo? Não significa apenas abordar corretamente a isca digital, uma dica, faça uma lista de soluções para problemas com 20 termos.

Com isso, interaja de forma direta e simplificada, demonstre preocupação de seus clientes.

3 – O uso de imagens

Focar nas imagens e cores de seu site é uma técnica favorável, embora não seja decisivo.

Ressaltar formulários, contatos e informações relevantes será um ponto mais a frente, mas sem perder a noção, fazendo cores gritantes e super extravagantes.

Design da isca digital se baseia no desenvolvimento de ter uma aparência bonita e apresentável, transmitindo confiança e credibilidade.

Apenas de olhar, o cliente já pode rotular uma imagem positiva ou negativa em relação ao conteúdo apresentado.

4 – A comunicação da isca

Evitar gírias e atitudes que demonstrem muita informalidade, cores com ar chamativo ou dependendo do público fazer o arroz com feijão, algo mais simples cairá melhor do que extremamente jovial e etc.

Divulgação da isca digital consequentemente será o ponto forte do tema até aqui, podem surgir muitas perguntas como “Aonde divulgar?” Quanto tempo para surgir um aumento nos meus acessos?

A dica é divulgar em seu próprio site/blog ou até mesmo nas redes sociais, porque atrai uma vasta quantidade de acessos.

5 – As interações

Faça integrações nas laterais com (Sidebar) ou até mesmo popups, para abrir em determinado tempo.

Fazer uma lading Page para realizar o salvamento de e-mails e por fim, a grande sacada final, insira links e informações que conduzam os visitantes ao lading Page, através de seus posts.

Explicar na teoria pode parecer complicado, porém na prática torna-se o trajeto simples e muito funcional.